DJI Easy Resize com

Energia Sustentável

Brasil inaugura projeto inovador de energia hidrossolar com produção de hidrogênio verde

 

O Brasil está na vanguarda da energia renovável, com a inauguração da planta de geração solar na usina hidrelétrica de Itumbiara, de FURNAS, na divisa entre os estados de Minas Gerais e Goiás. Com capacidade de gerar 1 MW, o empreendimento possui dois conjuntos de placas fotovoltaicas, sendo um no solo e outro flutuante sobre a água do reservatório.

O projeto, da BASE Energia Sustentável, em parceria com FURNAS, conta com um eletrolisador que, ao receber a energia gerada pelo sistema fotovoltaico, produzirá hidrogênio verde, a fim de ser armazenado em um tanque especial e utilizado para a produção de energia através de uma célula de combustível. A inauguração do empreendimento acontece nesta quarta-feira, dia 8 de dezembro, com a presença do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, do presidente da Elebrobras, Rodrigo Limp Nascimento,  do Presidente de Furnas, Clovis Torres Jr. Também são esperados os governadores Romeu Zema, de Minas Gerais e Ronaldo Caiado, de Goiás.

 

DJI Easy Resize com

 

Fundada em 1998, a BASE Energia Sustentável é uma empresa brasileira, com sede em Brasília e filial em São Paulo, dedicada a oferecer consultoria, engenharia, construção e montagem eletromecânica, e a propor e desenvolver soluções e projetos sustentáveis, em especial no âmbito energético. A extensa experiência profissional de seus fundadores inclui projetos desenvolvidos no Brasil e internacionalmente, juntamente a concessionárias, produtores independentes de energia, órgãos governamentais em diferentes esferas, instituições financeiras multilaterais, e instituições governamentais multilaterais. Entre suas áreas de atuação estão sinergia hidro-solar, geração sustentável de energia na Amazônia, restauração florestal com créditos de carbono, transporte urbano sustentável, desenvolvimento de autoprodução de energia sustentável, gestão de sustentabilidade ambiental corporativa, regulação na área de energia e cálculo de impactos de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Furnas

Divulgação: Furnas

Compartilhe este post

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest