Imagens SITE Easy Resize com

Nascido do oceano

SANAA projeta estrutura em forma de nuvem para o Museu Marítimo de Shenzhen que pretende emergir como continuação da paisagem marinha local

 

A proposta idealizada pelos arquitetos Kazuyo Sejima e Ryue Nishizawa, do escritório japonês SANAA, chamada de “The Cloud on the Ocean”, foi selecionada como grande vencedora do Concurso Internacional de Arquitetura para o projeto do novo Museu Marítimo de Shenzhen, na China. Organizado pelo Departamento de Planejamento Urbano e Recursos Naturais e pelo Departamento de Infraestrutura Pública do Município de Shenzhen, o concurso foi lançado com o intuito de escolher a melhor solução técnica e formal possível para o novo Museu Marítimo.

O projeto, inspirado na paisagem natural, nas montanhas e o no mar, se revela como uma espécie de “nuvem” branca que parece flutuar sobre a paisagem, em que o edifício do museu apresenta uma intrínseca rede de espaços construídos e áreas verdes de uso público, um conceito concebido a partir de um vocabulário formal contemporâneo e arrojado, enraizado na cultura local. Integrando-se no contexto urbano do Campus da Universidade Marítima e aos seus parques temáticos anexos, o projeto pretende ainda ampliar o parque ecológico no qual encontra-se inserido para transformá-lo em um novo centro cultural. 

A cobertura dos edifícios foi concebida a partir de uma estrutura espacial em aço, estabelecendo uma construção leve e delicada. Espaços flexíveis, ininterruptos e livres de colunas experimentam uma alternância de oco e sólido, luz e sombra, enquanto a superfície da cobertura parece flutuar; solução construtiva que proporciona maior conectividade e autonomia dos espaços e programas museais. Volumes hemisféricos de diferentes tamanhos estão interconectados, mas funcionam independentemente um do outro a fim de acomodar instalações para exposições, acervo permanente do museu, atividades educativas e pesquisa em ciência marinha.

 

Easy Resize com

 

Materiais leves e transparentes foram utilizados para criar três tipos de soluções espaciais: espaços transparentes, opacos e translúcidos. Cada um deles responde com precisão às características específicas de cada programa, desde os espaços expositivos, passando pelas áreas de apoio até os espaços de armazenamento e logística do museu.

O Museu Marítimo de Shenzhen é uma continuação de seu ambiente natural entre a montanha da Península de Dapeng e o mar da Baía de Longqi. É um marco horizontal imaginado como nuvens emergindo do mar, como um museu nascido do oceano.”

 

av Easy Resize com

 

O edifício tomará forma como uma coleção de cúpulas cobertas por uma malha de aço inoxidável. Estruturalmente, o espaço da cúpula é projetado como uma esfera de vidro para introduzir luz natural e uma esfera opaca para proteger a luz natural. Acima dessas esferas está uma leve malha flutuante de louvres de metal que sombreia os visitantes e proporciona uma aparência unificada com a paisagem.

 

Easy Resize com

 

O Museu Marítimo será organizado em três áreas de exposição posicionadas em torno de um grande saguão e vários pátios, e se conectará com espaços verdes circundantes e um parque próximo para expandir a área de atividade do museu em direção à paisagem natural.

PLANTA Easy Resize com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Redação
Imagens: Cortesia SANAA

Compartilhe este post

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest